O Terno – Volta

A música que eu trago hoje é tão boa que irrita.

Irrita porque te provoca vários pensamentos como:  “como eu não conheci essa banda/ música/ álbum antes?” Por que esses caras não estão em todas as rádios e programas de TV do BR? Entre outros. Enfim, mais ou menos a mesma indignação misturada com admiração que vimos no post do Bazar Pamplona.

O som deles é demais, com um ar meio retro, mas muito autoral. Além de serem muito talentosos, também são reis do deboche, e eu adoro. Os clipes são fantásticos, e muitas letras de músicas são bem engraçadas e danadinhas, tirando sarro inclusive do som que eles fazem.

Olha como é linda a música Volta:

E como eu amo gente talentosa que manda bem ao vivo, que tal essa versão apenas de voz e violão, ENQUANTO sobe uma ladeira em Lisboa? Parabéns ao Tim pelo talento, habilidade e fôlego, hehe.

Se você gostou do que ouviu até aqui, vou deixar mais algumas músicas com clipes incríveis, porque sim. Esse clipe é demais:

o clipe de 66, foi o primeiro da banda. Nessa música eles debocham do próprio estilo das músicas, e se questionam de como deveriam ser exatamente:

E olha que máximo, pra fechar com chave de ouro, deixo aqui uma versão diferentona dos meninos d´O Terno da música que eu postei ontem, Canto de Ossanha, com um som bem mais blusado.

E vida longa ao rock nacional!!

Anúncios