Di Melo – Kilario

You want some groove, yeh? 

You’re welcome then. This song appeared on my weekly suggestions from Spotify, and I just didn’t care.

I’ve listened to it once, and didn’t pay much attention to it. Weirdly enough, the next day I was singing it from top to bottom and shaking my shoulders and head to it’s rhythm in my mind. “What’s happening here?” my brain asked. I had no answer but to listen to it again.

Turns out Kilario is arranged by the brilliant brazilian brilliant instrumentalist Hermeto Pascoal. Enjoy this groovy tune from 1975, performed by Di Melo:

*****************************************************************************

Quer um groovão pra animar a semana meu amigo?

De nada! Essa música casualmente apareceu no meu Sugestões da semana do Spotify, e eu nem liguei.

No dia seguinte eu acordei e simplesmente tava cantando ela de cima em baixo, chacoalhando a cabeça e os ombrinhos no ritmo da música. Meu cérebro perguntou “o que caralhos tá acontecendo aqui?” e eu não tinha outra coisa pra responder alem de ouvir mil vezes mais essa música.

Kilario é produzida e arranjada pelo bruxo Hermeto Pascoal, não tinha como dar errado. Curta essa canção de 1975 do cantor Di Melo:

Sam&Dave – Hold on, I´m coming

Sentá que lá vem catequese. Hoje a catequese é sobre SOUL.

hahahah, brincadeiras a parte, mas se você não conhece Sam&Dave, esse é o seu momento. Assim como a Aretha, eles começaram cantando em igrejas nos EUA.

Eu conheci essa dupla através de um dos meus filmes favoritos, The Blues Brothers (Os irmãos  cara de pau). A música Soothe me toca logo no comecinho , quando eles são parados pela polícia.

E quando começa a tocar Hold on, I´m comming, é quando eles decidem fugir e começa aquela perseguição histórica dentro do shopping. Eu poderia assistir essa cena mil vezes que eu sempre vou achar o máximo. Desde então, fiquei apaixonada por essas músicas e comecei a pesquisar mais músicas da dupla.

Na verdade, eu gosto tanto de Hold on, I´m comming, que eu e meu marido entramos com ela na festa do nosso casamento, hahaha. 

Reveja a cena dos Blues Brothers, porque sempre vale a pena:

Você achou que tava bom, né?

Isso porque você não viu os caras ao vivo. Esteja preparado para atualizar suas definições de SOUL.

Aliás, nessa música ao vivo, eles fazem uma coisa que eu amo muito em cantores de personalidade de sobra. Inserir no meio da música um diálogo com a plateia, sem que a banda pare de tocar. Sensacional:

Aliás, se você é dos mais observadores, vai perceber que na banda do Sam&Dave está um novinho Donald “The Duck” Don, sem barba e cabelão, igual em Blues Brothers.

image

Pega essa apresentação de uma das músicas mais famosas deles, Soul Man. Sério, olha essa apresentação! Olha as coreografias que máximo.

Embora eles não tem as backing vocals que eu tanto amo, aqui temos um conjunto de metais empenhadíssimo nas coreografias, e é muitoooo legal.

Disclaimer: se você assistir isso sentado, no seu escritório, você vai começar a dançar junto, pelo menos com os ombrinhos. Depois não diga que eu não avisei.

E pra fechar, mesmo que o tumblr não me deixa mais incluir vídeos nesse post, quando você já estiver dançandinho sentado na sua cadeira de escritório, escuta só mais essa aqui. Êta cada música boa dessa dupla.