Dê um Role – Gal Costa

Essa é uma música sensacional, originalmente dos Novos Baianos, mas aqui trago interpretada pela inigualável Gal Costa.

Essa é uma versão ao vivo de 1971, com uma instrumentação foda, e um baixo sensacional do começo ao fim.

Adoro algumas frases dessa música, que me parecem muito lindas pros tempos malucos que estamos vivendo:

“Enquanto eles se batem
Dê um rolê e você vai ouvir
Apenas quem já dizia
Eu não tenho nada
Antes de você ser, eu sou
Eu sou, eu sou, eu sou o amor da cabeça aos pés”

 

Curta, e fique com ela na cabeça o resto do dia:
Agora, caso você queira conhecer a versão dos Novos Baianos, que é igualmente fantástica (embora, se eu pudesse eliminar essa flauta incômoda, eu o faria), segue abaixo. Boa sorte tentando escolher sua favorita:
Anúncios

You don’t know me – Caetano Veloso

Recentemente conheci essa música e nunca mais parei de ouvir.

Sabe quando você escuta a mesma música 8 milhões de vezes? Escuta quando tá feliz, quando tá triste, quando tá parado, em movimento, etc, etc? Foi essa música.

Confesso que nunca fui fã do Caetano Veloso, sempre achei ele chato, e achava as músicas dele igualmente chatas. tanto que quando You don’t know me começou a tocar no spotify, eu não acreditei que era dele. Mas se assim como eu, você tem uma birrinha, dê uma chance pra essa que você vai curtir.

You Dont Know Me é uma música em inglês (que por sinal Caetano fala muito bem aqui), do álbum Transa de 1972, que é super intensa e parece ser muito contemporânea.

Ao longo da música, Caetano faz um medley com mais três canções totalmente diferentes. A primeira a aparecer é Maria Moita de Carlos Lyra:

Nasci lá na Bahia,

De mucama com feitor…

Meu pai dormia em cama,

Minha mãe no pisador…

A próxima é Saudosimo, do próprio Caetano, mas que em You don’t know me, é cantada no fundo pela Gal Costa, com uma voz linda e suave.

“Eu, você, nós dois…

Já temos um passado meu amor, um violão guardado…”

E por último, mas não menos surpreendente, temos ninguém menos que Gonzagão com Hora do adeus.

“Eu agradeço, ao povo brasileiro…

Norte, centro, sul, inteiro, onde reinou o baião”

Medley pra lá de inesperado mas que deu um resultado incrível né?

E olha que legal esse cover feito pela banda indie britânica The Magic Numbers. Confesso que é muito engraçadinho eles falando português:

E isso é o mundo da música! As vezes um artista que você não adora pode te surpreender com alguma música incrível.